sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Michael Phelps supera Leônidas de Rodes, o maior atleta olímpico da antiguidade!


Hoje, dia 12 de Agosto de 2016, entrará para a história como o dia em que o nadador norte-americano, Michael Phelps, superou o recorde do maior atleta olímpico da Grécia Antiga, Leônidas de Rodes. Phelps conquistou sua décima terceira medalha de ouro na natação, ultrapassando Leônidas que conquistou em 152 a.C. doze coroas de louro.

Nascido em 188 a.C., Leônidas participou de quatro jogos olímpicos entre os anos de 164 e 152 a.C. acumulando suas 12 coroas de louro (equivalentes à atual medalha de ouro) aos 36 anos de idade. Mas ao contrário de Phelps, o ambiente do grego não era a água, e sim a terra; segundo os relatos ele venceu três modalidades de corridas: o estádio, o diaulo e o hoplitódromo.


As duas primeiras modalidades, deram fama a Leônidas como um grande velocista, sendo o estádio percorrido por 200 jardas e o diaulo por 400. Porém, o que mais destacava a genialidade do atleta era sua força física, pois no hoplitódromo, os atletas não só corriam 400m, mas também levavam no corpo uma armadura hoplita completa e um escudo que podiam pesar mais de 25 kg! Como se não bastasse o peso dos equipamentos militares, as olimpíadas gregas, geralmente eram disputadas no verão, isto é, o camarada corria sob temperaturas em torno de 40ºC! Portanto, não bastava apenas força física e velocidade, o atleta também precisava ter uma grande resistência, o que tornava uma das provas mais difíceis, ficando conhecida como "corrida de soldados".

Leônidas conquistou o título no hoplitódromo quatro vezes, sendo a última, como já referido, aos 36 anos, idade considerada avançada para um atleta olímpico. Embora, Phelps não esteja lá muito novo também, 31, é atualmente o maior medalhista olímpico da história, com um total de 26 medalhas, 13 ouros individuais, 9 em revezamento, duas pratas e dois bronzes. Todavia, devemos lembrar que na Grécia não havia essa história de revezamento, muito menos segundo e terceiro lugar, o que coloca Leônidas numa posição muito mais acirrada com o norte-americano.


Sem falar que o estadunidense tem uma vida toda controlada para o esporte, com treinamento constante, alimentação balanceada e muitas outras comodidades que os gregos provavelmente não possuíam. Mas de qualquer forma, ainda sim ele é o maior atleta olímpico quebrando um recorde de 2168 anos... Definitivamente, não é pra qualquer um...

Confira também:

Fontes:

Nenhum comentário:

Postar um comentário