segunda-feira, 16 de março de 2015

O estranho elmo, The Armet (1514)


Quando encaramos este capacete, certamente imaginamos que ele tenha saído de algum conto, filme ou livro de fantasia, de tão estranho sua aparência, mas ele é um curioso artefato histórico. A originalidade deste elmo, remonta ao armeiro Konrad Seusenhofer, que o construiu como parte de uma armadura encomendada pelo Sacro Imperador Romano, Maximiliano I.

Maximiliano I pediu a Konrad que construísse uma armadura única, que seria dada como presente a Henry VIII, rei da Inglaterra durante uma visita. Construída em 1514, a armadura dada a Henry obteve outras três cópias, porém todas elas se perderam. Apenas a armadura dada por Maximiliano I a seu neto, o futuro imperador Carlos V, sobreviveu intacta e agora está em exposição em Viena.


O resto da armadura de Henrique VIII já não existe e, por algum tempo depois de sua morte, acreditou-se que este capacete tenha pertencido a seu bobo da corte, Will Somers, devido à sua aparência incomum.

Konrad Seusenhofer, o fabricante da armadura, foi um dos principais armeiros do início do século 16. Construiu armaduras para os mais diversos membros da nobreza europeia, mas atualmente é mais conhecido como criador do "Armet", nome técnico do estranho capacete chifrudo. 

O "Armet" possui dobradiças, de ambos os lados, o que sugere que haviam defesas de rosto (máscaras) alternativas que podiam ser trocadas. Especula-se que ele tenha sido construído para o uso em concursos e desfiles, haja vista que seu design não seria nada confortável para situações de combate. Henry VIII pode tê-lo usado em eventos luxuosos, como os desfiles acompanhados de torneios.

Possuidor de proteção para o crânio, articulações e uma proteção para a face, o Armet se mostrava uma peça muito bem trabalhada. Ao redor do crânio do capacete podem ser vistas bandas afundadas e buracos de rebites, provavelmente usados para fixar os painéis de prata dourada agora perdidos, mas que foram originalmente colocadas sobre um rico pano de veludo.


O artesanato desta armadura estabeleceu novos padrões que Henry fez questão de igualar. Bem como a importação de finas armaduras da Europa, Henry recrutou alguns dos melhores armeiros da Alemanha, de Flandres e da Itália para vir à Inglaterra e trabalhar para ele na oficina que estabeleceu em seu palácio em Greenwich. Armaduras foram produzidas em Greenwich para os governantes da família Tudor e Stuart. A oficina foi finalmente fechada em meados do século 17.

O Armet tornou-se tão conhecido por seu design exótico que exerceu influência sobre os produtores do game Dark Souls, como podemos ver na armadura a seguir:

Adventurer's set - Dark Souls
Autor: Áviner Reis, Taberna Do Fauno

Bibliografia:  http://www.royalarmouries.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário