quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

10 Dragões Famosos na Cultura Pop


10 – Draco:
O dragão Draco foi o primeiro personagem inteiramente computadorizado que dialoga com outros personagens interpretados por atores reais a aparecer nas telas de cinema. Dublado por Sean Connery (no Brasil, a voz era de Miguel Fallabella), Draco era o último dragão do mundo e conviveu com os humanos durante a Idade Média. Na trama, ele compartilha metade de seu coração para salvar a vida de um rei deveras perverso  e ambos passam a compartilhar a vida, se um morrer o outro também morrerá! Seus efeitos especiais ficaram a cargo de Perpetual Motion Pictures, Illusion Arts Inc., Industrial Light & Magic e Tippett Studio.


9 - Saphira:
O famoso dragão fêmea que nasceu de um ovo encontrado por Eragon em uma floresta, tornando-se a sua melhor amiga. Possuidor de escamas azuis e de asas formadas por uma fina membrana de coloração azul-safira brilhante, da qual é retirada seu nome. Herdeira da sabedoria dos antigos dragões, sendo mais inteligente do que os humanos, Saphira torna-se a protetora de Eragon e, embora não seja má, alguns pensem que não passa de um terrível monstro. Saphira é o primeiro dragão nascido desde que começou a ditadura de Galbatorix. Tem uma ligação mental com Eragon. Durante muito tempo, Saphira pensa ser o último dragão existente além de Shruikan ("dragão" de Galbatorix) e os dois ovos, embora no segundo volume da obra se descubra outro dragão chamado Glaedr.


8 – Alduin:
O aterrorizante dragão negro Alduin (também chamado de Devorador do Mundo, o Deus Nórdico da Destruição, e na língua do dragão), é um dragão criado para a “mitologia” do universo do jogo The Elder Scrolls V: Skyrim. Ele foi removido de Tamriel através do último recurso dos antigos heróis Nórdicos que usaram um Elder Scroll para forçar Alduin a ficar perdido no tempo e na esperança de nunca mais voltar. No entanto, ele foi enviado para o futuro, para a quarta Era, época em que se passam os eventos de The Elder Scrolls V: Skyrim. O objetivo de Alduin seria destruir todo o planeta Nirn, ressuscitando outros dragões. Todavia, seus planos são frustrados pelo surgimento de um Dovahkinn, isto é, um guerreiro com sangue de dragão, capaz de modificar o terrível destino que o planeta aguarda.


7 - Rabo-Córneo Húngaro:
Rabo-Córneo Húngaro é uma espécie de dragão criada por Rowling no célebre universo de Harry Potter, no qual o protagonista tem de enfrentar um como etapa de um torneio. Com a fama de ser o mais perigoso, o Rabo-Córneo Húngaro tem escamas pretas e aparência de lagarto. Seus olhos são amarelos e os chifres cor de bronze e tende a alcançar 15 metros com suas labaredas. Seus ovos são cor de cimento e possuem uma casca particularmente dura. Seus filhotes quebram a casca com seus rabos já com córneos bem desenvolvidos. Eles se alimentam de cabras, carneiros e sempre que possível, humanos.


6 – Shenlong:
Duvido que ninguém aqui conheça este magnânimo dragão de Dragon Ball Z, criado pelo excelentíssimo desenhista, Akira Toriyama. E se você, jovem (ou velho), está lendo essa matéria e não o conhece, é melhor conhecer logo ou se mudar para a Lua, pois você não é um terráqueo. Shenlong é um dragão gigantesco e verde com a típica aparência de um dragão chinês que era invocado após reunir as famosas Esferas do Dragão. Após invocado, Shenlong podia realizar três pedidos/desejos ao mortal que reuniu as tais esferas. (Ressuscitar Kuririn pela milionésima vez, por exemplo).


5 – Banguela:
Soluço é um adolescente viking que almeja se tornar um grande caçador de dragões como seu pai. Contudo, sua falta de habilidade é enorme e acaba envolvendo em diversas situações perigosas. Até que um evento inesperado, coloca-o frente a frente ao Fúria da Noite, uma das mais perigosas espécies de dragões. Porém, quando Soluço está prestes a se tornar um belo banquete, a história se reverte e ambos tornam-se amigos. Apelidado de  Banguela pelo protagonista, o dragãozinho brincalhão com comportamentos felinos e caninos ganhou o público e tornou-se um dos mais famosos do cinema no filme “Como Treinar seu Dragão 1 e 2”.


4 – Tiamat:
Tiamat é um dragão da série animada Dungeons & Dragons, conhecida no Brasil como Caverna do Dragão, produzida na década de 80 pela Marvel Comics e Dungeons & Dragons Corporation, baseado no jogo de RPG de mesmo nome. Tiamat, como no jogo e na mitologia babilônica, é uma deusa-dragão de cinco cabeças (apesar de sua voz ser masculina na dublagem brasileira). Seu poder supera o poder do vilão Vingador, aterrorizando este, assim como os demais garotos. Da boca de cada uma das cabeças pode lançar baforadas distintas para cada uma delas (podendo lançar com todas ao mesmo tempo), da seguinte maneira:

A cabeça branca lança raios congelantes;
A cabeça verde lança uma nuvem de gás venenoso;
A cabeça vermelha (a central, e única capaz de falar) lança labaredas de fogo;
A cabeça azul lança energia em forma de raios;
A cabeça preta lança ácido.


3 – Falcor:
Assim como eu, todo mundo deve ter pensado que a criatura alada que acompanha Bastian no filme “Uma história sem fim” fosse um cachorro gigante, certo? Então, estávamos todos muito equivocados. Falcor, como é chamado, trata-se na verdade de um dragão. Ele é quem ajuda o menino, após ele adentrar um mundo fantasioso de um misterioso livro. Apesar de não ter sido indicado a nenhum prêmio renomado, o filme marcou a infância de muita gente.


2 – Rhaegal, Viserion e Drogon:
Em segundo lugar temos tríade dracônica de George Martin em seus best-sellers “As Crônicas de Gelo e Fogo”. Os três dragões foram “chocados” pela princesa/khaleesi Daenerys Targaryen que após perder o marido, tenta suicídio entrando em sua pira funerária com seus ovos, lá eles nascem e passam a acompanhar sua “mãe” por toda a história. Os três foram presenteados a ela como se fossem ovos petrificados, mas tornam-se os últimos dragões de Westeros e as principais armas do exército de Daenerys.


1 – Smaug:
Por fim, não poderíamos nos esquecer dele “o Terrível", "o primeiro e único destruidor", "das riquezas imensuráveis​​", "o Poderoso", "o Impenetrável" e "Vossa Magnificência", o Senhor Smaug! Talvez de todos os dragões aqui citados Smaug seja o mais incrível, embora eu seja um pouco suspeito para falar, pois sou apaixonado pelas obras de Tolkien. De maneira geral, Smaug pode ser descrito como um dragão alado de cor vermelha e dourada. Ele possui um olfato muito aguçado, tanto que ele pode determinar o número de membros da companhia, apenas com o cheiro. Seu peito é coberto com jóias e pedras preciosas incrustadas, com exceção de uma pequena parte "oca no peito esquerdo que é nu como um caracol sem sua concha." Sua armadura emite uma luz vermelha e quente.

Criado por J.R.R. Tolkien, ele é o antagonista da obra “O Hobbit” (1937) e tornou-se o ícone dos dragões do mundo pop e principalmente da literatura Fantástica e é por conta disso que ele ocupa a primeira posição!

6 comentários:

  1. smaug o terror das novinhas kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Ótimo post !
    Mas nem todos aí são dragões né ?
    Eu nunca tinha parado pra pensar mas, aquele do HP é um wyvern, não é?

    ResponderExcluir